Segurança é a principal prioridade para a Uber. Com 22 milhões de usuários e 1 milhão de parceiros (entre motoristas e entregadores), a empresa está permanentemente investindo em novos recursos para fazer a plataforma cada vez mais segura. Para diminuir os riscos a todo esse contingente de pessoas, acreditamos na capilaridade e no poder transformador da tecnologia. Só ferramentas desenvolvidas para serem implementadas de forma escalável podem de fato proporcionar mais recursos de proteção para toda a nossa comunidade. 

A Uber também sempre busca a parceria com a polícia, para contribuir com informações que possam contribuir em investigações, e com a sociedade civil organizada, para entender como pode colaborar em temas complexos e sistêmicos, como a violência contra a mulher e as diversas formas de discriminação que acontecem na sociedade.

O Brasil possui o primeiro Centro de Desenvolvimento Tecnológico da Uber na América Latina

Grande parte dos novos recursos de segurança que chegam ao aplicativo estão sendo desenvolvidos aqui mesmo, com a participação de engenheiros e especialistas brasileiros do primeiro Tech Center da Uber na América Latina, baseado em São Paulo. Esse centro de tecnologia, primeiro do mundo focado em segurança fora dos Estados Unidos, vai abrigar até 150 especialistas e receber investimentos de até R$ 250 milhões até 2022.

 

Antes das viagens

 

Checagem de antecedentes criminais

Antes de começar a dirigir, todos os motoristas parceiros passam por uma checagem de antecedentes criminais realizada por empresa especializada. Essa checagem é refeita a cada 12 meses com todos os motoristas ativos. 

 

Verificação com o Denatran

A Uber possui um contrato com o Serpro, empresa de TI do Governo Federal, para confirmar as informações cadastrais dos motoristas e entregadores parceiros e de seus veículos, em tempo real, a partir das informações da CNH e do documento do veículo com a autorização do Denatran.

 

U-Check

A Uber possui uma parceria com a Serasa Experian para validar as informações de identificação dos usuários do aplicativo. A ferramenta que faz a checagem, denominada U-Check, foi a primeira a ser desenvolvida pelo recém-constituído time de engenheiros do Tech Center instalado pela empresa em São Paulo.

 

Análise de documentos

Com a ferramenta de verificação de documentos dos usuários, a plataforma tem mais uma forma de verificar quem realiza viagens pelo aplicativo pagas em dinheiro. Os documentos têm sua veracidade comprovada junto à base de dados do governo. O recurso começa a ser implementado no Chile e chegará ao Brasil em 2020.

 

Selfie do motorista

De forma aleatória, o aplicativo da Uber pede para que os motoristas parceiros tirem uma selfie, antes de aceitar uma viagem ou de entrar on-line. Isso ajuda a verificar a identidade de quem está atrás do volante. Além disso, no futuro, a ferramenta também exigirá que o motorista execute determinados movimentos para diminuir chances de fraude. 

 

Informações da viagem

Os usuários do aplicativo recebem notificações no celular para reforçar os dados daquela viagem antes de entrar no carro. Nome do motorista, foto, placa e modelo do veículo permitem uma melhor identificação da viagem correta. 

 

Código de verificação de viagens

A ferramenta exclusiva da Uber de checagem via código ou PIN consiste de uma senha que é mostrada no app do usuário e precisa ser fornecida por ele ao motorista para que este último possa iniciar a viagem no aplicativo – confirmando assim que tanto um quanto o outro estão na viagem correta. A Uber também está trabalhando para que essa verificação será feita de forma automática no futuro, por meio de uma tecnologia usando ultrassom.

Machine Learning (Tecnologia de prevenção de incidentes)

A Uber desenvolveu e continua aprimorando uma tecnologia de machine learning para identificar riscos com base na análise, em tempo real, das milhões de viagens realizadas diariamente pelo aplicativo. A ferramenta, que usa algoritmos que aprendem de forma automatizada, bloqueia viagens consideradas potencialmente mais arriscadas.

 

Detecção de mensagens inapropriadas

Mensagens enviadas no bate-papo do app que possam ser consideradas ofensivas ou que ameacem a integridade de uma pessoa entram automaticamente em um processo que pode levar à desativação permanente da conta. 

 

 

Código de Conduta da Comunidade

O nosso Código funciona como um guia que detalha o comportamento esperado dos usuários e motoristas parceiros quando usam o app da Uber. Reforçamos sempre a conscientização sobre as normas de respeito e, quando necessário, tomamos as ações necessárias para banir quem não age de acordo.

 

U-Elas

A ferramenta U-Elas, que faz parte do programa de inclusão Elas na Direção, permite que mulheres motoristas parceiras tenham a opção de receber somente chamadas de passageiras mulheres. A função começou a ser testada em cidades-piloto e deve ser expandida para outras cidades brasileiras ainda em 2020. 

 

Durante as viagens

 

Registro de todas as viagens

Na Uber, todas as viagens são registradas por GPS e o usuário pode ver sua rota e localização do carro em tempo real durante todo o trajeto.

 

Checagem de rota

Paradas inesperadas não previstas podem acionar o recurso que manda uma mensagem para o motorista e o usuário perguntando se eles precisam de algum suporte e os direcionam para as ferramentas de segurança disponíveis. O recurso utiliza o poder do GPS e de outros sensores no smartphone para identificar essas situações. 

 

Compartilhamento de viagens

Tanto motoristas parceiros quanto usuários podem compartilhar a viagem em tempo real com quem desejarem. A ferramenta é acionada por meio da Central de Segurança, identificada por um escudo sobre o mapa da viagem no aplicativo. Além disso,  os usuários também podem cadastrar Contatos de Confiança para compartilhamento automático durante cada viagem.

 

Gravação de áudio

Motoristas parceiros e usuários podem utilizar o próprio aplicativo para gravar a viagem caso não se sintam confortáveis.O conteúdo pode ser enviado para Uber de forma criptografada e, em caso de necessidade, utilizado para investigações ou compartilhado com autoridades, na forma da lei. O recurso está em fase de teste em algumas cidades e dever ser expandido ao longo de 2020. 

 

Ligar para a Polícia

Usuários e motoristas parceiros podem ligar diretamente do app para autoridades que operam pelo número 190 em caso de emergência ou situação de risco. O recurso pode ser usado por meio da Central de Segurança, identificada por um escudo sobre o mapa da viagem no app. Ao pressionar este botão, além de efetuar a ligação, o usuário será informado de sua localização atual e informações do veículo em viagem.

 

Alerta de Ciclofaixa

O recurso orienta quem está realizando uma viagem de Uber a verificar a presença de ciclistas antes de abrir a porta do carro no momento do embarque. Além disso, se estiver em uma viagem que termine perto ou ao longo de uma ciclovia ou ciclofaixa, o aplicativo enviará esse alerta no final do percurso.

 

Depois das viagens

 

Seguro de Acidentes Pessoais

Durante cada viagem, os motoristas parceiros e usuários estão cobertos por um seguro para acidentes pessoais de até R$ 100.000,00.

 

Time formado por ex-policiais

Nós temos um time especializado no relacionamento com autoridades policiais e que coopera em investigações, sempre respeitando a legislação brasileira.

 

Suporte 24 horas por dia

A Uber conta com uma equipe de suporte especializada em segurança disponível 24 horas por dia, sete dias por semana, que analisa individualmente caso a caso e que pode banir da plataforma usuários ou motoristas que tiverem uma média baixa de avaliações ou conduta que viole os termos de uso.

 

Endereço e telefone anônimos

Se o usuário precisa contatar o motorista ou vice-versa, o número de telefone de ambos é mantido em sigilo. Além disso, o app não mostra para motoristas e entregadores parceiros no Brasil os pontos exatos de embarque e desembarque no histórico de viagens. Isso tudo para preservar a privacidade de quem usa o aplicativo. 

 

Tech Center

O Brasil possui o primeiro Centro de Desenvolvimento Tecnológico da Uber voltado para a segurança, que contará com 150 profissionais e um investimento de R$ 250 milhões nos próximos 4 anos. O Tech Center desenvolve tecnologias com sistemas distribuídos de alta escala, processamento de dados em tempo real, telemática avançada, machine learning e desenvolvimento móvel, entre outros.