Destinos

Confira e aproveite algumas das mais interessantes coisas para fazer em Recife

20 de dezembro de 2018 / Recife

Cidade mundialmente reconhecida por sua alegria, a capital pernambucana é marcada por diversas atrações culturais, belos parques e construções históricas. Você sempre terá novas coisas para fazer em Recife, seja um programa animado com os amigos ou um passeio relaxante com a família. A “Veneza Brasileira” é cortada por rios, com destaque para o Capibaribe: às margens dele estão alguns dos melhores lugares para ir em Recife e admirar as belezas que a cidade reserva.

Oito coisas para fazer em Recife e curtir as belezas da capital pernambucana

  1. Sentir o fervor da cultura pernambucana no Mercado de São José
  2. Um piquenique à beira mar no Parque Dona Lindu
  3. Assistir a uma peça no Teatro de Santa Isabel
  4. Viajar ao passado no Pátio de São Pedro
  5. Levar as crianças para brincar no Parque da Jaqueira
  6. Curtir a natureza no Jardim Botânico do Recife
  7. Se encantar na Praça do Marco Zero
  8. Perder o fôlego com o Parque das Esculturas Francisco Brennand

Que tal saber um pouco mais sobre o que fazer no Recife? Confira algumas dicas para desfrutar das experiências incríveis que a cidade tem para você.

1. Sentir o fervor da cultura pernambucana no Mercado de São José

Se você está procurando o agito da cultura popular, o Mercado de São José é, com certeza, um dos melhores lugares para ir em Recife. Artesanato, culinária, música, vestuários e diversos outros exemplos da cultura pernambucana se reúnem no mais antigo mercado público do Brasil, inaugurado em 1875. É o local perfeito para encontrar presentes que agradem a todos os gostos, experimentar os pratos típicos do Estado e se animar com uma apresentação de frevo, maracatu ou baião.

Mercado de São José

2. Um piquenique à beira mar no Parque Dona Lindu

Recife possui diversos parques onde você pode entrar em contato com a natureza fazendo um piquenique, andando de bicicleta ou participando das variadas atrações culturais abertas ao público. O Parque Dona Lindu, projetado por Oscar Niemeyer, merece destaque por estar na famosa praia de Boa Viagem, a poucos metros do mar, que completa a paisagem com um visual incrível e uma brisa sempre agradável, além de contar com ciclovias, playground, áreas esportivas e restaurantes.


3. Assistir a uma peça no Teatro de Santa Isabel

Homenageando a Princesa Isabel, o Teatro foi inaugurado em 1850 como parte de um projeto urbano que visava aproximar Recife das cidades europeias, e tem a fama de ser o palco onde o poeta Castro Alves conheceu a atriz Eugênia Câmara, paixão que deu origem a alguns dos mais belos poemas brasileiros. Hoje o Teatro de Santa Isabel combina o requinte de sua arquitetura clássica e a modernidade tecnológica em seus recursos audiovisuais à beleza dos grandes shows e peças que movimentam o palco.


4. Viajar ao passado no Pátio de São Pedro

Esta área cercada por casas coloniais e marcada pela imponente Concatedral de São Pedro dos Clérigos oferece uma junção perfeita entre o visual histórico dos arredores e atrações culturais da região que tomam o chão do Pátio nos fins de semana.

O ambiente também conta com feiras livres, onde é possível comprar presentes e lembranças, o Memorial Luiz Gonzaga, que faz um tributo à vida e obra desse grande artista, além de bares que oferecem o melhor da culinária local. Lembre-se que a Uber é uma boa opção quando você quiser tomar um drinque e tiver que voltar pra casa. Você pode solicitar uma viagem pelo app da Uber e retornar com rapidez e conforto.


5. Levar as crianças para brincar no Parque da Jaqueira

Com uma área de 70 mil m², o Parque da Jaqueira possui atrações para todos os gostos, com ciclovias e pistas de caminhada, brinquedos ao ar livre para as crianças e mesas de piquenique para reunir os amigos. Às margens do Rio Capibaribe, a área, que já foi sítio e campo de futebol, hoje abriga a capela de Nossa Senhora das Barreiras, considerada uma joia do barroco mundial e quatro parques infantis.


6. Curtir a natureza no Jardim Botânico do Recife

Considerado o melhor Jardim Botânico do Norte-Nordeste, a área de 107 mil m² possui uma exposição permanente da Mata Atlântica, além de várias atividades de educação ambiental. É o passeio perfeito caso você deseje aproveitar algumas horas cercado pela natureza, enquanto faz uma trilha.


7. Se encantar na Praça do Marco Zero

Se você ainda não sabe o que fazer no Recife, ponha uma visita à Praça do Marco Zero em sua agenda. O local é marcado por obras de arte variadas – ao olhar pra baixo, por exemplo, verá a bela rosa dos ventos pintada por Cícero Dias, com 20 metros de diâmetro.

A praça abriga o Cais do Sertão, museu em homenagem a Luiz Gonzaga, e é cercada, de um lado, por edifícios cuja arquitetura francesa conta um pouco mais sobre a história da cidade, e do outro, pelo oceano que dá vista à nossa próxima atração.

 Praça do Marco Zero

8. Perder o fôlego com o Parque das Esculturas Francisco Brennand

Em frente ao Marco Zero, se ergue do oceano o Parque das Esculturas Francisco Brennand, construído em 2000 sobre um arrecife, com 90 obras criadas pelo artista que dá nome ao lugar. A Coluna de Cristal é o maior destaque do Parque das Esculturas, com 32 metros de altura.

Você pode admirar as esculturas de longe, enquanto visita o Marco Zero, ou cruzar o estuário do Porto de Recife numa embarcação que leva até o parque. O acesso também é possível de carro através da Avenida Brasília Teimosa, uma via com três quilômetros de extensão cercada pelo mar de ambos os lados.

Agora que você já descobriu algumas das mais incríveis coisas para fazer em Recife, é hora de aproveitar a cidade por conta própria. Conhecer Recife com a Uber é muito simples, conheça como funciona o app da Uber e veja como aproveitar tudo que a capital pernambucana tem pra te mostrar!