Histórias

Levaremos 60 casais LGBTQ+ para se casar

31 de agosto de 2018 / Belo Horizonte
Compartilhar no FacebookEste link abre uma janela novaCompartilhar no TwitterEste link abre uma janela novaCompartilhar no Google+Este link abre uma janela novaE-mail

Nós somos, pensamos e amamos de forma diferente, mas vamos juntos com um só propósito: mais respeito. Não importa se você está no banco da frente ou no banco de trás, dentro ou fora do carro. Todos nós temos o direito de amar, ser amado, casar e constituir uma família.

Pensando nisso, no dia 21 de Setembro a Uber irá levar 60 casais LGBTQI+ para o altar no Casamento Igualitário, realizado pela Defensoria Pública de Minas Gerais. Apoiar o Casamento Igualitário é mais uma forma de contribuirmos de verdade para que a comunidade LGBTQI+ seja cada vez mais respeitada, incluída e representada, dentro e fora da nossa plataforma.


Alguns dados e fatos sobre o apoio da Uber à causa LGBTQ+

  • A Uber é signatária do Fórum de Empresas e Direitos LGBT, aderindo aos 10 Compromissos para promover os Direitos LGBT.
  • É parte também do grupo de empresas que aderiram aos Padrões de Conduta da ONU para Enfrentar a Discriminação Contras Pessoas LGBT no Ambiente de Trabalho
  • Tem Programa de inclusão para pessoas transgênero dirigirem na plataforma. A Uber aceita nome social, sem a necessidade do(a) parceiro(a) ter completado o processo para a mudança do que está registrado em seus documentos.
  • Tem parceria com locadoras de veículos para dar suporte às pessoas trans que queiram dirigir na plataforma.
  • Tem parceria em iniciativas com as ONGs Amo Trans, que acolhem pessoas trans em situação de vulnerabilidade.
  • Faz ações de conscientização para motoristas parceiros. Ano passado, distribuiu 50 mil cartilhas propondo um código de conduta baseado no respeito. Este ano distribuirá 100 mil. Pelo aplicativo, continua veiculando para os 500 mil motoristas ativos e 20 milhões de usuários pílulas de informação que têm esse mesmo propósito: incentivar o respeito à diversidade.
  • Patrocina paradas do orgulho LGBTQ+ há dois anos. Em 2017, patrocinou 10 paradas no Sudeste, Nordeste e Sul do Brasil. Este ano, patrocinará 15 em todo o país, além da primeira Marcha Trans, em São Paulo.
  • No Carnaval de 2018, veiculou nas redes sociais campanha contra o assédio e a discriminação, com distribuição de material educativo para os 500 mil motoristas parceiros ativos no país.