Pular para o conteúdo principal

Informe seu local

Insira o nome da cidade mais próxima para que possamos exibir as informações corretas da sua região

Select your language

Sua voz foi ouvida mais uma vez

A Uber sempre defendeu uma regulamentação moderna para o transporte individual privado prestado por meio de aplicativos.

O novo texto aprovado pela Câmara dos Deputados ouviu a voz dos 20 milhões de usuários e 500 mil motoristas parceiros que encontraram na Uber novas formas de mobilidade e de geração de renda no Brasil.

Em vez de proibir, o texto regulamenta a atividade dos motoristas parceiros e organiza critérios para os aplicativos operarem. Agora, o projeto segue para a sanção presidencial.

#LeiDoRetrocesso

Relembre como chegamos até aqui

Quem votou contra a #LeiDoRetrocesso

Conheça os Deputados Federais que ouviram a sua voz e votaram contra a #LeiDoRetrocesso

Entenda o que era a Lei do Retrocesso

Placa Vermelha

Hoje, com um carro comum você pode trabalhar na plataforma. Para conseguir a placa vermelha existe um processo burocrático, onde é a prefeitura quem decide se você pode ou não trabalhar.

Autorização específica

Quer exigir que os parceiros obtenham da prefeitura uma licença que é burocrática, semelhante aos alvarás do táxi. Isso permite que a prefeitura limite o número de licenças, impedindo que mais pessoas trabalhem.

Carro no próprio nome

Só quem tem um carro em seu nome poderá dirigir. Isso impede, por exemplo, que casais ou familiares usem o mesmo carro para gerar renda.

Restrição para rodar

A #LeiDoRetrocesso quer que apenas carros emplacados no município possam fazer viagens dentro da cidade. Isso traz ineficiência para o sistema, recriando o sistema de táxi.

Regulamentação pelas prefeituras

A proposta do Senado é mais madura ao definir como foco dos municípios a fiscalização do serviço. Além disso, várias prefeituras já regulamentaram o serviço.

Entenda o impacto

#LeiDoRetrocesso

Mais de 500 mil parceiros

dependem desta fonte de renda para sustentar suas famílias.

20 milhões de pessoas

que usam os aplicativos de mobilidade serão prejudicadas.

Mais de R$ 971 milhões

pagos em impostos pela Uber só em 2017.

O que dá para fazer com os

R$ 972 milhões pagos em impostos pela Uber

1.177

novos leitos de Hospitais

11.338

casas populares

50.669

novas vagas em creche