Informações para motoristas

Novidades sobre o assistência financeira em razão da COVID-19

16 de abril / Brasil

Durante o último mês, oferecemos um assistência financeira por até 14 dias aos motoristas e entregadores parceiros diagnosticados com COVID-19 ou colocados em quarentena ou isolamento domiciliar por um médico licenciado ou uma autoridade de saúde pública, em razão de suspeita de COVID-19. Aceleramos o anúncio desta política, mesmo que isso significasse tomar decisões rápidas com base em poucas informações, pois oferecer rapidamente esse auxílio era um assunto prioritário e urgente para nós.

Desde então, muitos de vocês dividiram conosco que o processo de obtenção de recursos era complicado e confuso. Continuamos trabalhando para tornar o processo mais transparente, rápido e eficiente.

Por isso, hoje, estamos ampliando a nossa política de duas maneiras:

  • Concentramos nosso auxílio para os parceiros que ainda estão dirigindo e fazendo entregas ativamente durante esta crise.
  • Ampliamos os critérios de qualificação para incluir motoristas e entregadores parceiros com problemas de saúde preexistentes (por exemplo, por ser idoso ou por conta de diabetes, bronquite e doenças respiratórias), que foram orientados por um médico licenciado ou autoridade de saúde a permanecer em quarentena por apresentarem um maior risco de manifestação grave da COVID-19.

Para garantir que nossa assistência financeira seja justa com todos que utilizam nossa plataforma, a quantia que você vai receber de assistência vai ser baseada na sua média semanal de ganhos nos últimos três meses, considerados a partir da data de solicitação do auxílio. A partir de hoje, a nova política estará vigente para todos os motoristas e entregadores parceiros do Brasil.

Como se inscrever para receber o auxílio de acordo com os termos da nova política

Para atender aos critérios de qualificação, você deve disponibilizar um atestado emitido por um médico licenciado ou uma autoridade de saúde pública declarando que:

  • Tem um diagnóstico confirmado de COVID-19 ou;
  • Recebeu orientações para permanecer em isolamento por suspeita de COVID-19 ou;
  • Foi orientado a permanecer em isolamento porque tem problemas de saúde preexistentes, e encontra-se no grupo de risco de manifestação grave da COVID-19.

Em todos os casos, para qualificação na política de assistência financeira, é necessário apresentação de um documento médico válido, atestando a sua situação e mencionando expressamente:

  • Diagnóstico de COVID-19; ou
  • Suspeita de COVID-19; ou
  • Necessidade de isolamento, por ter problemas de saúde preexistentes e fazer parte do grupo de risco de manifestação grave da COVID-19.

Ele servirá como justificativa para o seu pedido de isolamento, e você poderá enviá-lo para Uber em no máximo 30 dias após a data da sua emissão.

Informações obrigatórias para as documentações médicas

  • Timbre do estabelecimento;
  • Nome, telefone e endereço da instituição;
  • Data da emissão do atestado;
  • Diagnóstico;
  • Registrar os fatos de forma legível;
  • Identificar o médico emissor, mediante assinatura e carimbo e número de registro no Conselho Regional de Medicina;
  • Número de dias em isolamento.

Os documentos e informações apresentados serão validados por nossa equipe com os órgãos ou estabelecimentos emissores antes da liberação do pagamento. Faremos o possível para processar sua solicitação em até 7 dias úteis. O motorista e entregador parceiro poderá receber o auxílio por até 14 dias.

Para saber como solicitar o assistência financeira, abra o app e acesse “COVID-19 (Recursos)” ou a seção de Ajuda. Depois, toque em “Segurança e proteção”.

Após fazer a inscrição, sua conta da Uber será desativada temporariamente, por até 14 dias, como medida de segurança para ajudar a diminuir o contágio do vírus. A desativação temporária da sua conta não garante sua elegibilidade ao assistência financeira. Ainda precisaremos analisar sua elegibilidade e os documentos enviados para determinar se você se qualifica para receber o auxílio.

O que mudou na política de assistência financeira

Política anteriorNova política
Critérios de qualificaçãoAté 17 de Abril:
Motoristas e entregadores parceiros podiam se qualificar se tivessem concluído uma viagem ou entrega durante os 30 dias anteriores à data em que essa política foi anunciada, em 6 de março de 2020.
A partir de 17 de Abril:
Você precisará ter feito uma viagem ou entrega nos 30 dias anteriores à data de emissão da sua documentação médica ou do seu contato com a Uber para solicitar o assistência financeira.
Período usado como base para o cálculo do valor do assistência financeiraAté 17 de Abril:
Calculamos o valor para um motorista ou entregador parceiro com base na média de ganhos semanais dele durante os 6 meses que antecederam o dia 6 de março.

Caso o parceiro estivesse em nossa plataforma por menos de 6 meses, sua média de ganhos foi baseada nos ganhos desde a sua primeira viagem ou entrega até o dia 6 de março de 2020.
A partir de 17 de Abril:
Vamos avaliar a sua média de ganhos semanais durante os 3 meses que antecederam a sua inscrição para receber o auxílio por até 14 dias.

Da mesma forma, caso você esteja na plataforma há menos de 3 meses, a sua média de ganhos será feita com base em seu histórico desde a sua primeira viagem.

Essa mudança foi feita para concentrar nossos esforços de apoio para os parceiros que continuam a dirigir e fazer entregas, enfrentando mais riscos durante a pandemia.

Enquanto a sociedade vive um momento de crise como nenhum outro visto há gerações, você está desempenhando um papel fundamental e nossa prioridade é te ajudar. Essa é uma situação inédita e estamos aprendendo a lidar com ela agora.

Como não podemos prever o que acontecerá no próximo mês, continuaremos a ouvir, tomar decisões com base nos seus comentários e analisar com frequência nossa política de assistência financeira para fazer mudanças, se necessário. Esta política é válida até 8 de Junho de 2020.


Os detalhes acima resumem nossa abordagem no Brasil com relação à assistência financeira para motoristas e entregadores parceiros, caso sejam diagnosticados com a COVID-19 ou colocados em isolamento domiciliar por uma autoridade de saúde pública ou médico licenciado por suspeita ou alto risco de contrairem esta doença.

Individualmente, os países podem ter requisitos específicos necessários para o cumprimento de leis, práticas comerciais ou regulamentos locais relacionados a declarações emitidas por autoridades de saúde pública, atestados médicos ou tributações sobre os valores repassados pelo programa de auxílio financeiro.

Como as circunstâncias atuais são muito dinâmicas, poderemos também modificar essa política, inclusive o valor do auxílio disponibilizado e seus critérios, conforme as mudanças do cenário sem aviso prévio.

Nós realizamos uma revisão dos casos que tinham sido classificados como inelegíveis antes do dia 17 de Abril para realizar o pagamento da assistência financeira das pessoas que se encaixarem nos critérios da nova Política. Caso esse seja o seu caso, você receberá uma mensagem da Uber.