Please enable Javascript
Pular para o conteúdo principal

As viagens compartilhadas podem fazer a diferença no combate a problemas globais, como o tráfico de pessoas? Nós achamos que sim.

O tráfico de pessoas é caracterizado pelo uso de força, fraude ou coerção para explorar sexualmente uma pessoa ou sua mão de obra. 40 milhões de pessoas em todo o mundo são vítimas dessa prática. Como a Uber atua na locomoção de pessoas, assumimos o compromisso de combater o transporte de vítimas desse crime.

NOSSA CONTRIBUIÇÃO

Dentre nossas estratégias, está a parceria com a ECPAT, organização focada na conscientização e na criação de políticas e legislação de proteção às crianças.

Nosso compromisso com a causa nos levou a assinar o Código da ECPAT, um conjunto de diretrizes voluntárias voltadas para o mercado que tem como objetivo ajudar empresas de viagens e turismo a prevenir o turismo sexual infantil e o tráfico de crianças.

Com a orientação do ECPAT-USA, do McCain Institute e do National Center for Missing and Exploited Children, nossos motoristas parceiros estão aprendendo a identificar sinais de tráfico de pessoas e o que fazer nessas situações. Além dos recursos online, há 2 números de telefone para que eles entrem em contato em caso de atividades suspeitas.